Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

MEO Cloud

MEO Cloud - 16GB grátis, para todos, sem exceções, sem asteriscos.

MEO Cloud

MEO Cloud - 16GB grátis, para todos, sem exceções, sem asteriscos.

Qua | 23.01.13

Como apontar um domínio para uma pasta pública

Eduardo

A pedido de "várias famílias", aqui fica uma explicação passo a passo sobre como apontar um domínio para uma pasta pública da CloudPT.

 

Pressupostos:

 

Este post assume uma série de pré-requisitos:

 

a) É o dono legítimo de um domínio na internet no formato xxxxxxx.yyy (ex: exemplo.com, exemplo.com.pt, exemplo.net, exemplo.pt)

b) O seu domínio está configurado algures num servidor de DNS (nameserver) e tem acesso a uma consola de administração onde pode criar registos do tipo A ou CNAME 

 

Então vamos lá...

 

1. Criar uma pasta algures na CloudPT. Não é obrigatório ser na raiz.

 

2. Usar a funcionalidade de sharing e partilhar a pasta com todos

e escolher "partilhar com todos". Não vão precisar do link gerado.

 

3. Aceder à área de partilhas "para todos" no menu lateral esquerdo

 

 

4. Na lista, procurar a entrada referente à pasta criada no ponto 1 e escolher "configurações avançadas"

 

 

5. Preencher o campo com o nome do domínio e PREMIR O BOTÃO VERDE +

 

 

Premir o botão verde de modo a ficar com uma indicação semelhante a esta:

 

E do lado da CloudPT não precisa fazer rigorosamente mais nada a não ser colocar os ficheiros que pretende servir pelo seu domínio.

Para testar, crie um ficheiro com o nome "index.html" e com um conteúdo semelhante a este:

<html>

<body>

<h1>Teste. Olá Mundo</h1>

</body>

</html>

 

e guarde-o na pasta criada no ponto 1.

 

 

Daqui em diante terá de usar a consola de administração do seu domínio.

Nos screenshots seguintes usámos a interface do register.com como exemplo. Em qualquer dos casos, precisa criar um registo do tipo CNAME que aponta para customdomains.cld.pt

 

 

 

Caso queira apontar todos os subdomínios para a CloudPT, basta substituir "www" por um asterisco "*". Mas lembre-se que terá de criar uma pasta para cada subdomínio e configurar o respetivo hostname tal como referido no ponto 5.

 

A partir deste ponto tudo depende do tempo que o seu provedor de DNS demora a fazer propagar as alterações. Pode ser imediato ou demorar algumas horas.

 

O passo final para o teste:

no browser, introduzir: http://www.exemplo.com e a página index.html criada será mostrada.

6 comentários

  • Imagem de perfil

    Eduardo

    21.05.13

    Olá Jorge, o serviço de hosting apenas serve páginas estáticas. Por esse motivo não faria sentido suportar .htaccess.
  • Sem imagem de perfil

    Jorge Barros

    21.05.13

    Obrigado
  • Imagem de perfil

    jonasnuts

    21.05.13

    As minhas desculpas pela demora na resposta. Era uma pergunta à qual eu não sabia responder, marquei-a para enviar a quem soubesse responder, e depois esqueci-me.
  • Sem imagem de perfil

    Jorge Barros

    21.05.13

    Não há problema.
    Gostaria de notar que deveria ser possível inserir não só ficheiros html como htm, ou pelo menos, tornar claro que só abre ficheiros html.

    Não deixa de ser um excelente serviço.
    Parabéns
  • Imagem de perfil

    jonasnuts

    21.05.13

    Obrigada :)

    Vou tomar nota da sua sugestão e colocá-la na próxima reunião da equipa :)
  • Comentar:

    CorretorEmoji

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.